Porto da Pedra anuncia mais uma beldade para o carnaval 2020 - Portal do Samba

Últimas Postagens

Portal do Samba

Portal do Samba - Carnaval todo dia!

19/08/2019

Porto da Pedra anuncia mais uma beldade para o carnaval 2020


A Unidos do Porto da Pedra anuncia mais um reforço para seu time de musas no próximo carnaval. A bela da vez é a dançarina e coreógrafa argentina, Vanina. Ela promete muito samba no pé e interação com a comunidade vermelha e branca goncalense.

As musas tem uma importante função técnica no desfile da escola, elas são referência na ocupação de espaço em alguns setores.

" O samba pra mim é amor, é minha filosofia de vida e faz parte do meu dia a dia. Sou apaixonada pelo samba e tudo que ele representa: vida, cultura, filosofia; em se sua história. É muito digno de ser louvável e, portanto, trato-o com todo o respeito que merece, por tudo o que me dá.



Como estudiosa e apaixonada pelo Samba, acompanho as redes sociais de muitas escolas. Tenho notado em várias ocasiões que cada escola tem seu estilo, seus dançarinos e sua história profundamente enraizada. Unidos de Porto da Pedra, gostei em primeira instância de tudo isso, da dança, do amor e da vocação de seus dançarinos, dos quais eu poderia ser uma testemunha e participar. Tudo isso me levou a usar a camiseta, mais do que tudo, porque desde o começo me senti muito identificada com o estilo dela. 

O respeito e o carinho de seus representantes fizeram o resto. E foi este ano na "Ala International pasistas Porto da Pedra" pelas mãos de Alex Coutinho e Luchi Mendez, do Project Representante Samba na Argentina, a quem eu tenho que agradecer em profundidade o prestígio desfrutado por Porto da Pedra.
Minha inspiração no mundo do Samba são muitos, cada um deles tem uma contribuição especial no meu Samba:
Primeiro quero citar Alex Coutinho; que com sua contribuição generosa me mostrou que eu poderia ir mais longe com minha técnica; Seu samba, sua técnica e seu jeito de ensinar levaram ainda mais meu amor por essa dança. Claro, eu também tenho outras referências, como: Mayara Santos, Larissa Reis, Egili Oliveira, Bellinha Delfim e Camila Silva.
A figura da musa para mim desempenha um papel fundamental na escola. A musa representa delicadeza, beleza, elegância, simpatia e muito samba.

Ser a musa do Porto da Pedra seria a maior conquista que posso ter, poder pertencer a essa família e poder mostrar e expressar o samba que nasce de mim é um grande orgulho. Além de dançar no maior carnaval do mundo, ser Musa seria, num sentido mais profundo, a conquista dos anseios e sonhos da minha vida como dançarina de samba.

Minha carreira no Samba começou na minha infância. Eu nasci e cresci em uma cidade muito dedicada ao carnaval. Sempre admirei a filosofia e a atmosfera que se viveu, apesar da passagem econômica vivida no passado ou presente do país, as pessoas se reuniram para trabalhar, dançar e aproveitar o melhor do carnaval. Grande ou pequena, e pessoas de todas as classes sociais trabalhando juntas pelo bem comum de sua escola. Tive o prazer de ser a Rainha dos Tambores e Coreógrafa da Escola onde comecei. A partir daí, me banhei com sua filosofia e me dediquei a estudá-la para honrá-la com a dança e tudo o que me dava o meu ser. Este ano desfilei com Alex Coutinho e Luchi Mendez em G.R.E.S. Alegría da Zona Sul e G.R.E.S. United dá Porto da Pedra. Graças ao Sr. Giliard Pinheiro, também consegui passar pelo G.R.E.S. Renascer de Jacarépagua na "ala internacional dos pasistas". A partir de então, minha carreira deu um enorme salto na mão de grandes profissionais e hoje meu maior desejo é continuar aprendendo com uma cultura tão bela, para poder honrá-la e desfrutá-la em todo seu esplendor.

Nada mais do que obrigado pela oportunidade. Como dançarina, darei todas as fibras do meu ser para cumprir todas as metas que me foram impostas. Comigo eles terão alguém totalmente comprometido e comprometido, com responsabilidade e dedicação para garantir e levar adiante os interesses do Porto da Pedra."


No próximo carnaval, o tigre, levará para a Marquês de Sapucaí o enredo "O que é que a baiana tem? Do Bonfim à Sapucaí?", que será desenvolvido pelo carnavalesco Annik Salmon.

A vermelha e branca de São Gonçalo será a quarta agremiação a desfilar na sexta-feira, 21 de fevereiro, primeira noite dos desfiles da série A.


Nenhum comentário:

Postar um comentário