carnaval 2019

Tem-Tem Jr e Luís Oliveira são os novos intérpretes da Unidos de Bangu


A Unidos de Bangu iniciou o processo de renovação de seus segmentos e anunciou a contratação dos intérpretes Tem-Tem Júnior e Luís Oliveira, dois jovens talentos do Carnaval carioca, para assumirem as vozes oficiais da vermelho e branco da Zona Oeste para o desfile de 2019. O presidente Marcelo do Rap adiantou que ambos já estavam nos planos da escola para o próximo Carnaval. "Os dois são jovens e cheios de talento. Acreditamos na prata da casa e decidimos dar oportunidade aos dois novos talentos para o nosso carro de som", salientou.

 Com experiência em desfilar em escolas da Intendente Magalhães, por onde passou nos dois últimos anos, Tem-Tem Jr já faz parte da família banguense, pois ganhou duas disputas de samba-enredo na agremiação em 2017 e 2018. 

"Participei nos dois útimos anos dos desfiles da Intendente Magalhães. Em 2017, fui intérprete da Arame de Ricardo e conquistei cinco prêmios (melhor intérprete). Este ano ganhei dois pela Em Cima da Hora, totalizando sete prêmios nos dois últimos anos. Passei pelo carro de som da Inocentes de Belford Roxo, Acadêmicos do Sossego, Renascer de Jacarepaguá, Acadêmicos do Grande Rio e Portela. Recebi o convite para ser o intérprete da Unidos de Bangu e aceitei com muito carinho. O presidente Marcelo do Rap disse que eu estava nos planos da escola. A Unidos de Bangu é uma família para mim, pois sou campeão por dois anos seguidos na disputa de samba-enredo com uma parceria maravilhosa. Estou muito feliz em fazer parte da escola. A expectativa é de formar o melhor carro de som para a agremiação e sacudir a Sapucaí em 2019. Agradeço toda a diretoria pela confiança em meu trabalho", ressaltou Tem-Tem, que junto com Luís Oliveira, serão os intérpretes oficiais da escola. 

Natural de Belém do Pará e cria da escola de samba Rancho, Luís Oliveira também foi anunciado como o novo intérprete da Unidos de Bangu. O intérprete passou pela Unidos de Vila Kennedy, na Intendente Magalhães, e Renascer de Jacarepaguá, na Sapucaí.
"Foi no Rancho que comecei minha trajetória no samba. Com nove anos de idade comecei na bateria do mestre Zé Roberto. Depois de dois anos, passei a ser o primeiro cavaco da escola. E, então, começou minha vida e meu amor pelo Carnaval! Aos 20 anos surgiu a oportunidade de vir para o Rio de Janeiro e cantar no grupo Samba do Bom. Em seguida, fui convidado para fazer coro em um samba que participou da disputa na Unidos de Padre Miguel. Porém, devido ao atraso do intérprete, que colocaria a sua voz como principal no samba, acabei gravando a guia e os compositores ficaram impressionados com minha voz, gostaram demais e pediram para fazer o alusivo. E, por vez, ficaram mais felizes ainda com o alusivo e me deram a oportunidade de dividir o samba com eles. 

Então, defendi o samba na quadra da UPM. Foi então que surgiu a oportunidade de gravar como principal  o samba na disputa da Mocidade. A repercussão foi grande pois ninguém me conhecia. Foi uma grande surpresa e começaram a surgir os convites. Fui intérprete da Unidos de Vila Kennedy, em 2016, na Intendente Magalhães. Já em 2017, fui convidado para fazer parte do carro de som da Renascer de Jacarepaguá, onde fiquei até este ano. Logo após, fui convidado para dividir o microfone da Bangu com o Tem-Tem e fiquei muito feliz com essa nova oportunidade. Quero agradecer a toda diretoria da escola pelo carinho em que fui recebido. Estou muito feliz e confiante que eu e meu parceiro de trabalho e amigo, Tem-Tem, iremos realizar um trabalho incrível e diferente. Estamos prontos!!!", destacou Luís Oliveira.

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.