Unidos de Bangu

Léo Capoeira é o novo mestre de bateria da Unidos de Bangu

A diretoria da Unidos de Bangu anunciou nesta quinta-feira, dia 06, a contratação de Léo Capoeira como o novo mestre de bateria do Caldeirão da Zona Oeste. Ele iniciou sua trajetória no samba em 1997, tendo desfilado como ritmista na Lins Imperial, Arranco, Tradição, Império da Tijuca, Unidos da Tijuca, Unidos de Vila Isabel e Acadêmicos do Grande Rio.

Léo iniciou como diretor de bateria, na função de auxiliar, em 2002 na Tradição, com mestre Dacopê e, no Império da Tijuca, com mestre Elias. Ficou na Tradição até 2009 como diretor. Entre 2010 e 2015, assumiu como mestre a bateria Explosão de Elite. Entre 2016 e 1017, Léo foi mestre de bateria do União do Parque Curicica.

"Como ritmista desfilei em quase todas as escolas de samba do Rio de Janeiro. De 2002 a 2009 fiz parte da direção de bateria da Tradição. De 2010 a 2015, fiquei como mestre da bateria Explosão de Elite. Em 2016 e 2017, fui mestre na Curicica. Estou chegando e vou trazer para a Unidos de Bangu minha equipe de trabalho e, já a partir do próximo domingo, dia 09, no Arraiá Bangu, iniciarei no comando da bateria Caldeirão da Zona Oeste. Na próxima terça, dia 11, vou me reunir com os ritmistas e mostrar minha proposta de trabalho. Vamos juntos realizar um grande trabalho", ressaltou.
Feliz pelo convite feito pelo presidente Marcelo do Rap, o mestre agradeceu a confiança depositada acrescentando que irá trabalhar para conquistar as notas máximas no Carnaval de 2018.

"A escola está grandiosa e agradeço a minha indicação feita pelo diretor de harmomia, Kenga, e pela comissão de Carnaval. Agradeço também a confiança do presidente da Unidos de Bangu, Marcelo do Rap, e do presidente de honra, Sandro Avelar. Pretendo fazer um trabalho sério e gradioso conforme a escola está se propondo para o Carnaval de 2018, já que fez grandes contratações", destacou mestre Léo.  

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.