Beija-Flor

RAÍSSA DE OLIVEIRA CELEBRA 15 ANOS COMO RAINHA DA BEIJA-FLOR

POR ALEXANDRE ALCÂNTARA
Fantasiada de índia Raíssa celebrou 15 anos de reinado à frente da bateria da Beija-Flor
Foto: Fabiano Santos / Portal do Samba

A primeira noite de defiles do Grupo Especial marcou a celebração dos 15 anos de Raíssa de Oliveira à frente da bateria da Beja-Flor de Nilópolis. No posto desde 2002, a bela Raíssa foi escolhida para pela própria comunidade. 

 - Ser rainha é fácil, ficar esse tempo todo é que é difícil. A Beija-Flor sempre me apoiou durante todos esses anos. É um privilégio poder representar o pavilhão dessa comunidade.
Frequentadora assídua dos ensaios da azul e branca, a beldade revela que dieta e academia fazem parte do preparo, mas o que mais a motiva é o contato com a comunidade, para ela, é o que aquece o coração.

- Acabo me dedicando mais a malhação, musculação, dieta e procedimentos estéticos, mas acho que o que conta mesmo é o ensaio. A Beija-Flor ensaia duas vezes por semana eu sempre faço questão de estar presente. A melhor preparação para o carnaval é frequentar os ensaios, revelou.

A menina que a comunidade viu virar mulher, divide hoje seus afazeres profissionais com a paixão pela azul e branco. Casada Raíssa se tornou empresária e administra junto com seu marido uma academia de ginástica.

- É um pouco complicado porque tenho que me dividir em dez Raíssas, brincou. Como estou administrando junto com o meu marido fica um pouco mais fácil. Quando estou presente ele está ausente e quando estou ausente ele está presente.

Para o desfile de 2017 a fantasia de Raíssa foi rústica, mas não deixou a desejar no quesito beleza. A agremiação levou para a avenida o enredo "Iracema a virgem dos lábios de mel" romance de José de Alencar que conta a história do amor entre a índia Iracema e o colonizador português Martim. Se tratando de um enredo com temática indígena, Raíssa teve que abrir mão de pedrarias e outros acessórios comuns entre as rainhas de bateria.

- Esse ano não venho com muito brilho pois a escola vem rústica. O índio não tem aquele glamour do strass do swarovski. Então a escola inteira vem com pouco brilho, a escola vem toda rústica.


Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.