carnaval 2017

Bateria da Vila tem como prioridade `servir`ao desfile

                                                                                     Foto: Eduardo Hollanda


O samba-enredo da Unidos de Vila Isabel é um prato cheio para arranjos que incluam outros ritmos no conjunto da Swingueira de Noel. A composição é a trilha sonora de um enredo que aborda as influências que formaram a identidade musical do continente americano. Comandante dos ritmistas da azul e branca, mestre Wallan garante, porém, que esta não é a prioridade em sua ala.

- Em primeiro lugar precisamos ter a consciência de que somos os responsáveis de ser a referência para os componentes. Precisamos fazer esse grande samba render de forma confortável para que os integrantes da escola cantem e dancem. É claro que criamos algumas coisas que brincam com diferentes ritmos sim, mas ao longo da Avenida temos quatro momentos para fazer isso. Teremos um trabalho bem consciente em 2017 – afirmou ele.

No próximo carnaval, Wallan Amaral, sobrinho do grande mestre Mug, emplacará o seu quarto ano consecutivo em trabalho solo com a batuta da Swingueira de Noel. Antes já havia passado dois anos na função ao lado de mestre Paulinho Botelho. Ele avalia o atual estágio de trabalho:

- Acho que estamos chegando bem perto da maturidade desejada. Já conseguimos nos entender de forma bem mais fácil e acho que é preciso continuidade mesmo. A bateria da Vila não tem mistério – concluiu Wallan.

No próximo desfile, a Swingueira de Noel terá 12 surdos de primeira, 12 de segunda e 14 de terceira. 50 caixas, 70 taróis, 36 repiniques, 36 tamborins, 24 chocalhos, 24 cuícas, duas frigideiras e um xequerê

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.