carnaval 2017

PATRICIA CHÉLIDA SEGUE COMO RAINHA NO IMPÉRIO SERRANO



Foto: Fabiano Santos

Para quem vive o mundo do samba no Rio de Janeiro, o tempo de descanso já chegou ao fim. Isto é o que revela a rainha de bateria do Império Serrano, Patrícia Chélida. A eterna "Rainha do Carnaval" manda um recado para os fãs da Nação Imperiana, que no desfile 2017 da escola ela continua reinando à frente da bateria. Sua performance este ano lhe rendeu os troféus de samba, Jorge Lafond e Gato de Prata, este último a ser entregue no mês de julho.

Visando brilhar à frente da Sinfônica do Samba, Patrícia conta que já retomou a rotina de exercícios físicos e dieta. E de modo "bem intenso". Segundo ela: "o meu objetivo é perder oito quilos até setembro", declara relembrando que é época em que se intensificam as apresentações na quadra, com as disputas de samba e eventos pré-carnaval. Sobre a permanência no posto de rainha de bateria imperiana, ela explica:

- É muito bom, pois é o reconhecimento do meu trabalho. Eles me receberam muito bem e não tem melhor prêmio, nessa fase que a gente passa de rainha de bateria, não tem nada melhor do que ser abraçada pela comunidade e os torcedores. Consegui atingir o público do Império em geral. Isso é gratificante, me sinto privilegiada e feliz!

Patrícia, com a permanência na verde e branca de Madureira quebra um paradigma da escola, que já há alguns anos, não mantinha uma mesma rainha por anos seguidos. A decisão é da presidente da Império Serrano, Vera Lucia, em sintonia com o desejo dos imperianos.

Samba no pé e muita ideia no lance!

A vida de Patrícia Chélida ultrapassa os limites do samba. É certo que sua alma é de sambista, no entanto, isso não é tudo que a define. Em sua vida profissional, trabalhos como professora, dançarina com registro para atuação, pedagoga, além de produtora de eventos no Brasil e exterior. Um exemplo é baile Brazilian Carnival, que era realizado em Toronto, Canadá, onde atuou por 10 anos.

Fora da folia, a também musa da Unidos da Tijuca há 15 anos, mantém atividades empresariais. Ela possui um atelier voltado à produção de figurinos para carnaval, além de comercializar artigos utilizados na produção dessas peças. O veio empreendedor atrelado à expertise do mundo sambista deu origem à marca Balanço do Samba, que vende sapatos e roupas prêt-à-porter; chegou, levou! Já quem prefere exclusividade, peças feitas sob medida.

O empreendedorismo ampliou a visão de negócio da musa, que mantém a empresa na fase de inércia pós-carnaval, atendendo ao público de festas em geral. De acordo com a empresária, esta época do ano o nicho das festas juninas, é o que mais se destaca, pois fornece roupas e sapatos para as quadrilhas de São João.

Isso tudo é fruto de uma vida inteira dedicada a arte do samba, afinal, a musa transita neste ambiente desde os seis anos de idade. Apresentada pelo pai ao carnaval através da Imperatriz Leopoldinese, Patrícia vem conquistando seu espaço com competência e talento. Quesito este, que é de família, pois ela é nada mais, nada menos do que sobrinha de Carlos Alberto Dória, presidente da Mangueira nos anos 80 e de Nilza Dória, baluarte desta mesma agremiação.

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.