carnaval 2017

VIRADOURO - CARNAVALESCO JORGE SILVEIRA FALA SOBRE ENREDO E DESAFIOS PARA O CARNAVAL 2017

Por Vítor Minateli


Foto: Reprodução/Facebook
Na última sexta-feira (04), a Unidos do Viradouro fechou contrato com o seu novo carnavalesco, Jorge Silveira. O artista que já tem um trabalho solido e visionário no carnaval de São Paulo, chega como a nova aposta da vermelho e  branca na busca pela volta ao Grupo Especial.  O jovem carnavalesco conversou com o Portal do Samba, e falou sobre a sua chegada à escola e suas expectativas para o início do trabalho.

"Cheguei em 2016 para desenhar o projeto do carnaval da escola. Nasci em Niterói, e é aqui que trabalho e tenho minhas raízes. A Viradouro sempre esteve no meu imaginário próximo", revelou.

Quando perguntado sobre o que podemos esperar do próximo desfile da Vermelho e Branca, Jorge não poupou elogios. 
"A Viradouro tem uma história linda no carnaval. Eu estou tendo a honra de executar uma tarefa que já foi de Joãozinho Trinta, Mauro Quintaes, Max Lopes, João Victor, Milton Cunha, Jack Vasconcellos, e tantos outros que admiro muito. Isso deve ser honrado. Toda minha energia estará focada na tarefa de fazer um belo trabalho."

O artista que também é responsável por desenvolver o carnaval da escola paulistana Dragões da Real, tem como marca do seu trabalho, desfiles mais leves e com temas irreverentes. "Já temos enredo, ele será autoral e a escola irá divulgar mais adiante numa ocasião especial. O que posso afirmar é que teremos muita alegria e leveza. Os amigos que acompanham a leitura dos trabalhos que tive a oportunidade de fazer, já conhecem a marca do meu trabalho. Quero muito dar a chance ao componente da Viradouro para que esteja à vontade para brincar o carnaval."

Questionado sobre as diferenças do Carnaval Carioca e Paulista o carnavalesco destacou o diferencial quanto ao tamanho das alegorias. "São Paulo tem alegorias maiores, mas o processo do carnaval como um todo é muito semelhante na prática. Na Dragões eu faço parte de uma comissão de profissionais que pensam o espetáculo; aqui naturalmente o processo será individual na parte criativa, mas contarei com um time de amigos de longa data trabalhando comigo no barracão, além dos novos que naturalmente chegarão ao longo do processo. Não vejo problema em dupla jornada, ano passado eu participei de oito frentes de projetos e trabalhos simultâneos, sem dificuldade. Agora o foco será outro"

Estreante no carnaval carioca, Jorge terá a missão de desenvolver um trabalho digno de levar a agremiação de volta ao Grupo Especial. "Estou muito consciente da responsabilidade de levar a Viradouro de volta ao Grupo de Elite. Recebi muita liberdade da direção da escola para definir os caminhos do trabalho dentro de uma proposta que associa modernidade e a força da escola. Vou buscar uma leitura de fácil entendimento, além de bastante comunicação com o público", afirmou emocionado o carnavalesco.






Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.