Carnaval 2016

VIRADOURO LEVOU MENSAGEM DE TOLERÂNCIA E IGUALDADE PARA A SAPUCAÍ

POR VITOR MINATELLI


Foto: Fabiano Santos



A Unidos do Viradouro, primeira escola a fazer seu ensaio técnico no domingo (24), fez a Marquês de Sapucaí Ferver. Com o enredo “O Alabê de Jerusalém, a saga de Ogundana”, de Max Lopes, a vermelho e branco cantou em plena harmonia.

Estreando na Comissão de frente Sylvio Lemgruber e Fernanda Misailidis arrancaram aplausos do público. 

 "É tudo motivo de sorriso, não tenho medo de nada. A não ser um dia acordar sem vontade de amar Minha filosofia de vida” diz Sylvio quando questionado sobre a ópera “O Alabê de Jerusalém" 

Sylvio mostrou em sua comissão de frente alguns deslocamentos importantes, mas garantiu que a coreografia oficial está guardada a sete chaves. 

"Venho com os três pilares centrais na coreografia e proponho através dela uma reflexão: Que sejamos mais tolerantes" 

Autor da ópera O Alabê de Jerusalém, o cantor e compositor Altay Veloso, mostrou-se emocionado ao ver a sua obra na avenida. “ Max Lopes já tinha me prometido trazer o Alabê para a avenida desde quando ele assistiu a peça pela primeira vez. Fico muito feliz de ter feito com a Viradouro, que é perto da minha gente, da minha comunidade” comentou Altay que é de Niterói.

A atriz Isabel Fillardis veio à frente da escola com a camisa da diretoria, a atriz revelou ao PORTAL DO SAMBA que terá lugar de destaque no desfile da vermelho e branco “ Eu venho logo na frente da escola, será impossível não me enxergar, onde estiver o nome Viradouro eu estarei lá”.

O Destaque principal do desfile da Viradouro foi a comunidade que cantou forte e evoluiu durante todo o ensaio.



Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.