Carnaval 2016

COMISSÃO DE FRENTE DA ESTÁCIO QUER IMPRESSIONAR A SAPUCAÍ

POR ALEXANDRE ALCÂNTARA


Márcio Moura e seus bailarinos na concentração para o ensaio técnico na Sapucaí.
Foto: Fabiano Santos 

'A primeira impressão é a que fica', disso o coreógrafo Márcio Moura não tem dúvidas. Com a missão de abrir o desfile da Estácio de Sá, que volta à elite do carnaval o coreógrafo quer garantir todas as notas máximas no quesito.

Márcio Moura conversou com o PORTAL DO SAMBA sobre a rotina de ensaios e os cuidados que toma para não estressar sua equipe com cargas exaustivas de ensaios.

- Eu sempre procuro começar os ensaios bem cedo, quando sai o enredo eu reúno os bailarinos e a gente já começa a  fazer os exercícios em torno de duas vezes por semana. Quando você ensaia muitas vezes , acaba por estressar muito o bailarino, contou.

Outra questão que o coreógrafo abordou, foram os valores pagos aos bailarinos do carnaval. Segundo Márcio o valor estaria abaixo do que é oferecido no mercado da dança. 

- O valor que a gente consegue pagar ao bailarino de comissão de frente não é compatível ao mercado de artistas de dança, não me vejo no direito de ensaiar com eles 20 horas por dia, prefiro ensaiar poucas vezes, mas com qualidade. 

Em 2016 a Estácio de Sá vai levar para a avenida o enredo "Salve Jorge! O guerreiro na fé". A comissão de frente terá a missão de levantar um debate logo no início do desfile da agremiação: afinal São Jorge existe? Com a coreografia guardada a sete chaves o grupo de bailarinos mostrou no ensaio técnico deste domingo, um pouco do que pretende fazer no desfile oficial.

- Vou mostrar cinquenta por cento do que vamos levar para a avenida. Não posso mostrar tudo. apenas a parte do desenvolvimento. A comunidade pode esperar um grande espetáculo para o desfile, revelou Márcio animado.

Gostou da matéria? Comente!

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.