Carnaval 2016

Samba é Nosso realiza primeira plenária na sede na AESCRJ

FOTO: J RICARDO

Foi realizada na noite desta quarta-feira (20) a primeira plenária da Associação Cultural O Samba é Nosso. O evento, que contou com a presença dos presidentes das escolas de samba dos grupos B, C D e E, aconteceu na sede da Associação das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, localizado no Méier, zona Norte do Rio. Além do presidente Marcos Falcon e do vice-presidente Reinaldo Bandeira, também estavam presentes Nésio Nascimento, vice-presidente do conselho fiscal, dr. Alexandre Valle, diretor do departamento jurídico e João Carlos, assessor do senador da república Romário. Compondo a mesa da plenária, o presidente da AESCRJ, Moisés Fernandes declarou seu apoio para o "Samba é Nosso", cedendo, por espontânea vontade, o prédio da AESCRJ para as reuniões da nova entidade:

- Marcos Falcon é a pessoa mais indicada para presidir a associação, é uma pessoa séria, tem credibilidade. Não vejo por que não tentarmos resolver as pendências para melhor atender as escolas. Todos conhecem os imbróglios criados por aproveitadores. Estou aqui para colaborar. Peço que as escolas não se deixem enganar. Administração é coisa séria. Se uma pessoa não conseguiu colocar a escola dela pra desfilar, não irá conseguir colocar 42. É fato! Escolham com clareza e transparência. Cedemos o espaço para o Samba é Nosso, um espaço das escolas de samba e continuo à disposição de todos para o que for preciso.

        Logo a seguir, Marcos Falcon fez seu primeiro discurso como presidente da entidade. Ele enfatizou a necessidade de manter uma gestão administrativa com transparência e com o trabalho sério e em conjunto, todas as escolas serão valorizadas nos órgãos públicos: 

- Agradeço ao presidente Moisés pela cessão do prédio da AESCRJ para as nossas reuniões, que na verdade é a casa do sambista, que estava abandonada e esquecida. Então chegamos ao entendimento que aqui será a sede da Associação Cultural O Samba é Nosso. Temos escolas com suas tradições, seus históricos diante das suas comunidades e é com esse propósito que assumimos a administração, para preservar a história, para respeitar suas comunidades, para respeitar o dinheiro público que é investido para a cultura popular do maior espetáculo cultural do Brasil, o carnaval. A porta do gabinete da presidência estará aberta o tempo inteiro para que todo presidente tenha acesso. Não haverá reuniões com portas fechadas, não haverá decisões isoladas, não haverá, em momento algum, decisões onde uma ou outra agremiação terá benefício. A ideia é de salvarmos todas as escolas. É, verdadeiramente, valorizar e dar aos presidentes condições para que de fato possam desenvolver um trabalho digno, honrado e que realmente valorize suas comunidades. O carnaval é o congraçamento de comunidades, estaremos com o propósito de definitivamente desenvolver uma nova história, com responsabilidade, dignidade e decência, seremos reconhecidos e teremos condições de conversar com os órgãos públicos. Sejam bem vindo à casa de vocês, sambistas!

Falcon também reforçou a necessidade das escolas em encerrarem a prestação de contas para a abertura dos trabalhos para o próximo carnaval em definitivo. 

No próximo sábado todas as escolas dos grupos B, C, D e E devem comparecer ao Barracão do Samba, localizado na rua Carlos Xavier, 397 no Campinho, a partir das 15 horas, levando seus Estatutos e as Atas das eleições dos respectivos presidentes. Além disso, é mais uma oportunidade de orientação para prestação de contas e filiação à entidade. A próxima plenária da Associação Cultural O Samba é Nosso será daqui a quinze dias, para discutirem sobre regulamento dos desfiles do próximo carnaval e as datas do sorteio dos grupos.

Sobre Portal do Samba

Tecnologia do Blogger.