Carnaval 2016

MANGUEIRA VAI PROPOR MUDANÇAS NO JULGAMENTO DA LIESA


O Presidente da Estação Primeira de Mangueira, Chiquinho da Mangueira, apresentará à Liga Independente das Escolas de Samba uma proposta de mudanças na avaliação dos jurados para o Carnaval de 2016. Insatisfeito como a Verde e Rosa foi julgada este ano, Chiquinho acredita que terá o apoio das escolas coirmãs.

Tema principal de sua insatisfação, que tiraram décimos decisivos da Mangueira em vários quesitos, a deixando em décimo lugar, Chiquinho questiona a forma de avaliação dos jurados, que não levam em consideração problemas como a chuva, o que, segundo ele, interfere diretamente em todos os setores da escola. “Aguardei até a divulgação das justificativas para poder me manifestar. É lamentável a forma como as escolas que sofreram com a forte chuva no domingo foram penalizadas pela avaliação dos jurados. Tivemos um julgamento desigual e o trabalho de um ano inteiro foi literalmente pelo ralo. A Mangueira sofreu quatro horas de chuva intensa, desde a concentração até o final do desfile. Como manter nossas fantasias e alegorias inteiras?”, disse Chiquinho. 

Outros problemas técnicos e de avaliação também serão levados para a Liga pelo presidente da Mangueira. Para Chiquinho, a harmonia e a evolução da escola foram visivelmente prejudicadas após várias falhas no som da avenida durante o desfile e a falta de conhecimento de características da bateria Verde e Rosa, também foi ignorada. “Um jurado tem que conhecer do assunto que está avaliando. Lamentavelmente fomos penalizados pela característica principal de nosso surdo mor, por não ser igual ao das outras escolas. Não vamos mudar nossa bateria, os jurados é que precisam entender o conceito dela”, relatou o presidente.

Apesar de todos os problemas enfrentados pela escola e da colocação no desfile em 2015, o presidente Chiquinho da Mangueira acredita que a Estação Primeira está numa crescente de recuperação e aposta no sucesso da renovação para o próximo ano. “Estamos vencendo todos os nossos problemas estruturais. Seguimos equalizando nossas contas, pagando as dívidas em dia e investindo cada vez mais na renovação. Entendo como ninguém a angústia do mangueirense por título, mas posso afirmar que estamos caminhando de maneira sólida, sem aventuras para esta conquista. Não podemos dar um passo pra frente, fazer loucuras, e depois dar 10 para trás. Com a equipe que estamos formando e com a estrutura já solidificada, faremos um grande Carnaval em 2016, podem apostar.”, finalizou Chiquinho.

Sobre Portal do Samba

Tecnologia do Blogger.