Carnaval 2015

POR DENTRO DO DESFILE - MANGUEIRA



   "Agora chegou a vez vou cantar: Mulher de Mangueira, Mulher Brasileira, em primeiro lugar"  

     "Certa vez, deitado no chão e olhando para o alto e a imaginar o morro todo em verde e rosa, descobri que a natureza já tinha feito a sua parte. As mangueiras, muitas mangueiras, coloriam a paisagem com todo o verde possível e necessário. Nesse dia entendi a razão/ inspiração do verso Mangueira, teu cenário é uma beleza/ que a natureza criou... Só faltava o rosa... 

...Lentamente adormeci e sonhei. Sonhei com as grandes mulheres de Mangueira recebendo outras grandes mulheres do Brasil para um magistral desfile de carnaval. Sonhei que era primavera no morro e as “ROSAS”, em verso e prosa, novamente, desabrocharam com todo o seu esplendor...
...É a sua, a nossa Mangueira que está na Avenida e, todas as Marias com as latas d’água nas cabeças, as negas mais malucas do que nunca, as cabrochas e mulatas e as senhoras do Departamento Feminino e da Velha-Guarda, vêm saudar as nossas Ritas Lee, as nossas Martas Vieira da Silva, as nossas Marias da Penha e as nossas Fernandas Montenegro porque, para honra e glória do Brasil, “Agora Chegou a Vez, Vou Cantar: Mulher de Mangueira, Mulher Brasileira Em Primeiro Lugar!”

(Trecho retirado da sinopse da Mangueira)

ENTENDA O DESFILE

A Estação Primeira, prepara um desfile para mexer com o emocional do público presente na Sapucaí, Cid Carvalho, carnavalesco da verde e rosa, conversou com a nossa equipe e contou como será o desenvolvimento do desfile.

"Esse é um enredo que tem  a cara da Mangueira, e quando a Mangueira desfila com um enredo que é a sua cara, ela sempre faz belíssimas  apresentações. Em 2015 faremos uma grande homenagem as mulheres que ajudaram a construir a história da agremiação, e através dessas mulheres estaremos estendendo a homenagem as outras grandes mulheres do Brasil."

Perguntado sobre como será feita a homenagem, Cid explica que no desfile, as cantoras da Mangueira estarão recebendo outras grandes cantoras que fizeram história no país.

“Estamos preparando um desfile lindo. A aposta da Mangueira será em um carnaval que emocione a Sapucaí. Nossas cantoras Alcione, Leci Brandão, entre outras mulheres de Mangueira recebrão as mulheres do Brasil durante todo o desfile. O público precisa voltar a se emocionar assistindo os desfiles das escolas de samba."

CONFIRA A DIVISÃO DO DESFILE ALA A ALA

1º SETOR - CANDACES DO BRASIL
Ala 01: Pretas Velhas (comunidade)
Ala 02: A nobreza de Teresa de Benghela (comunidade)
Ala 03: Agotime (comunidade)
Ala 04: Dandara (comercial)
Ala 05: Tia Ciata de Oxum (comunidade)
Ala 06: Xica da Silva (comunidade)
Ala 07: Mãe Menininha Gantois (comunidade)
2° SETOR - GRANDES CANTORAS DA MANGUEIRA RECEBE GRANDES CANTORAS DO BRASIL
Ala 08: Chiquinha Gonzaga - Rosa de Ouro (comunidade)
Ala 09: Os balangandãs de Carmem Miranda (comunidade)Ala 10: Rainhas do Rádio (comunidade)
Ala 11: Clara Nunes (comercial)
Ala 12: Dalva de Oliveira - Bandeira Branca eu peço paz (comercial)
Ala 13: Compositores - Elis Regina - Carlitos Compositores


3º SETOR - BELEZA DA MULHER BRASILEIRA
Ala 14: Miss Amazônia - Rainha das Águas Iara (comercial)
Ala 15: Rainhas e reis do Maracatu (comercial)
Ala 16: Rainha das Flores - Capim Dourado (comercial)
Ala 17: Rainha da festa da Uva (comunidade)
Ala 18: Bateria - Um por todos, todos por uma. Guardiões da rainha
Ala 19: Passistas - Príncipes e princesas


4º SETOR - GRANDES ARTISTAS
Ala 20: Mercedes Baptista (comunidade)
Ala 21: Abaporu - Tarsila do Amaral (comercial)
Ala 22: Anita Malfati - Festa na Fazenda de Georgina (ala teatral)
Ala 23: Rachel de Queiroz - Memorial de Maria Moura (comercial)
Ala 24: Ineida de Moraes - É Carnaval (comunidade)
Ala 25: Maria Clara Machado - A bruxinha que era boa (baianinhas)


5º SETOR - A LUTA PELA LIBERDADE
Ala 26: Princesa Isabel - A redentora dos escravos (comunidade)
Ala 27: Imperatriz Leopoldina (comunidade)
Ala 28: Maria Quitéria (comercial)
Ala 29: Maria Bonita e Lampião (comercial)


6º SETOR - AS MULHERES DO DIA-DIA, AS MULHERES DE MANGUEIRA
Ala 30: Nega maluca (teatral)
Ala 31: Melindrosas (comunidade)
Ala 32: Maria lata dagua na cabeça (comunidade)
Ala 33: Damas de casa (comunidade)
Ala 34: Mães de mangueira, mães do Brasil (comunidade)
Ala das Crianças: A flor e o jardineiro
Ala das Baianas: As rosas de Mangueira

FANTASIAS




BARRACÃO







ASSISTA O CLIPE






LETRA E SAMBA





Eu vou cantar a vida inteira
Pra sempre mangueira,
Tem que respeitar!

Eu vou cantar a vida inteira
Mulher brasileira em primeiro lugar

Oh, divina dama!
Em cada alvorada te agradeço
As maravilhas do meu tempo de criança
E o orgulho que eu sinto deste chão…
Cercado pelo verde da esperança
Vovó guiava minha imaginação
Descendo o morro entre becos e vielas
Vejo a primavera desabrochar
Um mar de rosas perfumando a passarela
Deixa a mangueira passar

Ora yê yê… vem, menininha!
Entra na roda, quero ver você girar
Ê ê girar… baiana gira
A mãe do samba dança pro seu orixá

É tão bom ouvir as pastorinhas
Ao som de doces melodias
E as estrelas da nossa canção
Linda… na beleza tem poesia
A rainha veste a magia
Das flores em nossa estação
Brilha a porta estandarte
Revelando toda arte
Num bailar que não tem fim

Desperta, amor!
Pra ver a neuma na avenida
O povo aplaude dona zica
Sagrado verde e rosa nessa história
Glória a essas divas tão guerreiras
A nossa maria não é brincadeira
É raça, é fibra, é jequitibá!










Sobre Portal do Samba

Tecnologia do Blogger.