COM QUADRA LOTADA PORTELA RECEBEU MARIA RITA EM FEIJOADA

 Foto: Ricardo Almeida e JRicardo/Divulgação 

A Portela promoveu no sábado, 3, mais um grande evento: a primeira Feijoada da Família Portelense de 2015, que teve como principal convidada a cantora Maria Rita. O evento atraiu cerca de 10 mil pessoas à quadra da agremiação. Às 16h, a venda de ingressos foi suspensa e os portões fechados às 19h. 

 

Antes de a filha de Elis Regina subir ao palco do Portelão, onde foi recebida por Monarco, líder da Velha Guarda e presidente de honra da escola, o público cantou junto com alguns convidados que deram canja, entre eles Noca e Celso Lopes, dois dos autores do samba da Portela para este ano, Wanderley Monteiro, Zé Roberto, Gabrielzinho do Irajá e Elisa Fernandes, a mais nova afilhada musical de Monarco.

 

Quando Maria Rita surgiu, levou a plateia ao delírio. Na primeira vez em que pisou na escola, a cantora cantou alguns de seus sucessos, mas incluiu, na participação, dois clássicos bastante conhecidos dos portelenses: “Coração em desalinho”, música da abertura da novela “Insensato Coração”, da TV Globo, de autoria de Monarco e Ratinho; e “Lenço”, de Monarco e Chico Santana. A cantora agradeceu a receptividade e teve, durante todo o tempo em que esteve no palco, a presença do líder da Velha Guarda ao lado dela. Entre os músicos consagrados que acompanharam a apresentação da artista, estavam Mauro Diniz, Paulão Sete Cordas e Marcelinho Moreira. O ator Nando Cunha, a porta-bandeira Selminha Sorriso e a atriz Adriana Lessa também prestigiaram a feijoada. Maria Rita foi presenteada com um chapéu Panamá personalizado, que recebeu do vice-presidente Marcos Falcon.

 

O encerramento da festa ficou por conta da apresentação de Alex Marcelino e Danielle Nascimento, mestre-sala e porta-bandeira, da rainha de bateria Patricia Nery,  passistas, baianas, dos intérpretes Wantuir e Wander Pires e dos ritmistas comandados por mestre Nilo Sérgio.

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.