Comissão de Frente da Mocidade trabalha duro para corresponder aexpectativa


Eles estrearão na Mocidade Independente em 2015. E a expectativa sobre o trabalho de ambos é imensa. Após bons trabalhos na Grande Rio, Portela e na própria verde e branca, Jorge Teixeira e Saulo Finelon foram repatriados para comandar a comissão de frente da escola. A dupla falou um pouco sobre os preparativos, expectativas e experiências rumo ao show que pretendem dar no próximo domingo de carnaval.

- Neste momento estamos desenvolvendo a parte de movimentos. É um laboratório. Estamos descobrindo quais movimentos irão servir melhor a linguagem do que vai acontecer. Tem sido de grande valor trabalhar na Mocidade. Para desenvolver um grande trabalho é preciso ter uma ótima estrutura. É um investimento grande que a escola está fazendo e estamos tendo todas as condições – revela Saulo Finelon.

- Temos um grupo fixo da nossa confiança. São os chamados pivôs da comissão de frente, pessoas que sabemos o rendimento na Avenida e não abrimos mão. Este ano não teremos mulheres na comissão, somente homens. Isso varia de acordo com a temática do trabalho – acrescenta Jorge Teixeira, explicando como está sendo guiado o projeto.

Assinando trabalhos em comissões de frente há nove desfiles, Jorge é formado em música, educação artística e trabalha com dança há 25 anos. É dono da Companhia Brasileira de Ballet, grupo que já viajou ao redor do Mundo. Além da Mocidade em 2010 e 2011, Teixeira esteve na Portela em 2007, 2008 e 2009, e na Grande Rio nos últimos três carnavais.

Já Saulo sempre integrou as comissões de Jorge Teixeira, tendo sido o personagem central em algumas ocasiões, inclusive na passagem anterior pela Mocidade. Bailarino do Theatro Municipal há 19 anos, ele coordena a Companhia Brasileira de Ballet e passou a assinar o trabalho a partir do ano passado.

O currículo de ambos já é o suficiente para gerar expectativa sobre o trabalho, mas o fato de ser também algo concebido por Paulo Barros torna o cenário ainda mais midiático. A ideia central da comissão de frente é de autoria do carnavalesco, mas Jorge deixa claro que há total interação e troca de ideias no processo criativo.

- É um contato maravilhoso. Confesso que tinha um pouco de receio no início. Era uma situação nova pra gente. Sempre apresentamos o trabalho para o carnavalesco e a partir daí ela era adequada. Desta vez acontece o contrário. Mas é algo super aberto e produtivo. Estamos crescendo bastante profissionalmente.

- A pressão é grande, mas na verdade ela é nossa também. Fizemos o Homem Bala no ano passado e isso deu grande repercussão. Sempre buscamos o melhor e acreditamos naquilo que estamos fazendo. Isso é fundamental! Nos cobramos muito também e estamos preparados – ressalta Saulo.

O elenco já está definido e desde agosto o grupo vem fazendo testes com protótipos do que será usado na performance. A preocupação é fazer o melhor uso possível das possibilidades que a comissão de frente dispõe. Integrar esses profissionais ao cotidiano da Mocidade também é uma preocupação de Saulo e Jorge.

- Hoje a comissão não é mais formada por integrantes da comunidade, mas nós sempre o aproximamos da escola. Levamos nos eventos, nas festas, no barracão e também em alguns ensaios de bateria – explica Finelon.

Com o conhecimento de quem vivenciou a Mocidade de alguns anos atrás e a escola que renasce nesse momento, Jorge Teixeira traçou um comparativo entre os dois momentos.

- É bem distinto! O calor da comunidade e o carinho das pessoas conosco não mudou. Fomos abraçados do mesmo jeito. O diferencial quanto à organização é gritante. Nunca passei por uma escola tão séria e organizada! Aqui há muito comprometimento e isso é ótimo. Um caminho que cada vez mais as pessoas precisam seguir no carnaval. Acho que, profissionais desse porte, investimento, estrutura, e seriedade, são coisas que nos levarão até o sucesso.

Com quatro mil componentes e o enredo ‘’Se o Mundo fosse acabar, me diz o que você faria se só lhe restasse um dia’’, a Mocidade Independente de Padre Miguel será a terceira agremiação a desfilar no domingo de folia. O desfile terá assinatura do carnavalesco Paulo Barros. A escola busca o sexto título de sua trajetória no Grupo Especial.

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.