SAMBA DA VILA SOFRE ALTERAÇÕES

A Unidos de Vila Isabel gravou na tarde desta quarta-feira, na Cidade do Samba, a base e o coro de sua faixa no CD do Grupo Especial 2015. Com presença maciça da comunidade da escola, o samba da azul e branca agradou em cheio aos desfilantes, principalmente depois  de algumas mudanças e a inclusão de um novo refrão na obra.

Os principais indícios foram empolgação na hora da gravação do coro e a rapidez com que a bateria Swingueira de Noel concluiu a sua parte na gravação. As alterações foram feitas em conjunto pelos compositores e o intérprete Gilsinho, que além de cantar, toca diversos instrumentos musicais, inclusive os considerados de harmonia. Ele explica as mudanças.

- É um samba que já veio forte dentro da disputa, mas depois de se consagrar campeão precisava de ajustes pertinentes ao enredo. Eram três partes muito importantes que não poderiam ficar de fora. As partes do trem caipira, do navio fantasma, e das quatro estações são importantes para o cronograma de desfile da escola. Melodicamente a gente achou que ficou muito bom. Deu um momento de mais explosão para o samba, mais empolgação, uma acrescida. Encaixou no tempo e na hora certa. Musicalmente é um samba que irá nos levar a fazer um ótimo desfile – explicou Gilsinho, citando três composições de Isaac Karabtchevsky, tema do enredo da Unidos de Vila Isabel.

Há quem não goste das alterações nos sambas após eles terem sido escolhidos, mas o fato é que todas as obras passam por transformações após a vitória na disputa. Pequenas ou grandes, Gilsinho considera que o mais importante é adequar o samba a todo o projeto artístico que a agremiação pretende mostrar na Marquês de Sapucaí.

Sobre Portal do Samba

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.