domingo, 29 de setembro de 2013

LUTO - O CARNAVAL SE DESPEDE DE FERNANDO PAMPLONA

FOTO - JORNAL O DIA
O carnavalesco Fernando Pamplona morreu, na manhã deste domingo, um dia após completar 87 anos.
O corpo está sendo velado no Cemitério São João Batista, em Botafogo. O sepultamento será às 16h.

 A partir de 1960, no Salgueiro, ele liderou a revolução estética que deu no espetáculo gigante dos dias atuais, ao formar profissionais como Rosa Magalhães, Maria Augusta, Lícia Lacerda, Renato Lage e, mais do que qualquer outro, Joãosinho Trinta.

Professor da Escola de Belas Artes, foi lá que Pamplona arregimentou seus alunos para a aventura na folia. (João, uma exceção, saiu do corpo de baile do Theatro Municipal.) Contou com o auxílio luxuoso de Arlindo Rodrigues, outro mestre, que ajudou na formação dos discípulos, no laboratório salgueirense.

 No primeiro ano de Pamplona na Acadêmicos do Salgueiro, levou à Avenida Rio Branco o enredo "Quilombo dos Palmares". Nunca antes o carnaval tinha se permitido contar uma história que, à época, não estava nos livros oficiais, adotados nas escolas. Abriu-se ali a porta para a cultura popular dominar a grande festa brasileira.

O mestre jamais trabalhou para outra escola, além do Salgueiro do seu coração. Conquistou cinco títulos, em desfiles inesquecíveis como "Chica da Silva" (1963), "Bahia de todos os deuses" (1969) e "Festa para um rei negro" (1971).

Em agosto de 2013, Pamplona foi diagnosticado com um câncer devastador, que tomou o fígado, entre outros órgãos.


Ditulis Oleh : PORTAL DO SAMBA RJ Hari: 11:25 Kategori:

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário