DESFILES MEMORÁVEIS - SALGUEIRO 1993 ("PEGUEI UM ITA NO NORTE") - Portal do Samba

Últimas Postagens

27/05/2013

DESFILES MEMORÁVEIS - SALGUEIRO 1993 ("PEGUEI UM ITA NO NORTE")

O PORTAL DO SAMBA RJ traz mais um desfile que marcou a história do carnaval.

Salgueiro 1993 - "Peguei um ita no Norte"

Quem não se lembra?
Quem não se arrepia?
Quem não se emociona ao ouvir estes versos?


"Explode coração, na maior felicidade
É lindo meu Salgueiro
Contagiando e sacudindo esta cidade"



UM POUCO DE HISTÓRIA


No carnaval de 1993 o Salgueiro caminhava para seu 18° ano sem título. A escola atravessava graves crises políticas e, financeira.

Para 1993 a direção da escola manteve o carnavalesco do ano anterior, Mário Borrielo. O enredo pretendia mostrar na avenida a viagem de um imigrante, que, a bordo do navio Ita, deixa o porto de Belém, no Pará, passa por toda a costa do nordeste e sudeste do país, até chegar ao Rio de Janeiro, onde descobre a beleza da cidade, da passarela do samba e se emociona com o desfile do Salgueiro.
 Um do mais belos sambas que já passaram pela Sapucaí, Peguei um Ita no Norte foi composto por Demá Chagas, Arizão, Bala, Guaracy e Celso Trindade.


Foi inspirada na canção "Peguei um Ita no Norte" (1945) de Dorival Caymmi, que narra a viagem costeira a bordo do vapor "Itapé".

Quando o compositor baiano migrou em 1938 para a o Rio de Janeiro, a então capital federal,  Ita era o nome que se dava aos navios que faziam a navegação de cabotagem, entre o Norte e o Sul do Brasil. Essa denominação era usada porque a Companhia Nacional de Navegação Costeira dava nomes a suas embarcações sempre começando por "ita": Itaquatiara, Itapé, Itanajé, entre outros.


O inesquecível desfile foi desenvolvido pelo carnavalesco Mário Borriello.

O desfile de 1993 sagrou a academia do samba campeã do carnaval carioca.

Consagrado pelas arquibancadas antes mesmo de iniciar sua apresentação. Todos que estavam nos primeiros setores já aplaudiam e cantavam o samba da escola, que prometia contagiar toda a cidade. Um ânimo que se manifestou antes mesmo de os cronômetros serem disparados.

O público presente no sambódromo vibrava, com a passagem da vermelho e branca pela Sapucaí. A cada refrão cantado as arquibancadas iam ao delírio juntamente com os componentes da escola.

Além do título, a escola completava 40 anos de fundação e ganhou quatro Estandartes de Ouro, entre eles o de melhor escola.



ASSISTA O DESFILE COMPLETO -



Nenhum comentário:

Postar um comentário